jusbrasil.com.br
4 de Dezembro de 2016
    Adicione tópicos

    Governo é contrário à aprovação da PEC 215, diz ministro da Justiça

    Câmara dos Deputados
    Publicado por Câmara dos Deputados
    há 3 anos

    Após reunião com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, para tratar da demarcação de terras indígenas, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que o governo é contrário à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 215/00. O texto atribui ao Congresso a competência para aprovar a demarcação das áreas indígenas.

    Aprovado há um ano e meio ano na Comissão de Constituição de Constituição e Justiça da Câmara, o texto precisa ser analisado por comissão especial antes de ir ao Plenário. Há duas semanas, no entanto, diante de protesto de indígenas contra a medida, o presidente da Câmara decidiu não instalar a comissão.

    Segundo Cardozo, se a proposta for aprovada dificilmente será acatada pelo Supremo Tribunal Federal porque fere cláusula pétrea da Constituição. Então, além de não resolver o problema da demarcação de terras, vai criar um outro, que é a judicialização do tema, sustentou.

    Para o ministro, o mais importante para solucionar o impasse sobre a demarcação de terras seria a regulamentação do parágrafo sexto, do artigo 231 da Constituição. Ele adiantou que o presidente da Câmara marcou nova reunião para daqui a 15 dias para fechar um texto sobre o assunto.

    O parágrafo mencionado determina que a ocupação e a exploração de riquezas naturais em terras indígenas só poderá ocorrer em caso de relevante interesse público da União, que deve ser definido em lei complementar.

    A reunião marcada por Alves irá trata da redação do projeto desta lei.

    José Eduardo Cardozo sustentou ainda que o Ministério da Justiça irá editar uma nova portaria com regras mais claras sobre o processo de demarcação de terras indígenas. Não iremos retirar poderes da Funai [Fundação Nacional do Índio], mas dar mais poderes ao ministro para que, embasado em estudos, possa interferir no processo, explicou.

    Agência Câmara de Notícias

    Disponível em: http://cd.jusbrasil.com.br/noticias/100706902/governo-e-contrario-a-aprovacao-da-pec-215-diz-ministro-da-justica

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)