jusbrasil.com.br
5 de Abril de 2020

Motorista evoca direito ao silêncio e é dispensado pela CPMI do Cachoeira

Câmara dos Deputados
Publicado por Câmara dos Deputados
há 8 anos

André Teixeira Jorge, que era motorista de Cláudio Abreu, o ex-gerente da construtora Delta no Centro-Oeste, evocou o direito ao silêncio e foi dispensado do depoimento pelo presidente da CPMI do Cachoeira, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB).

Teixeira Jorge obteve liminar em pedido de habeas corpus impetrado no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é apontado pela polícia como integrante da organização. As investigações apontam, ainda, que sua evolução patrimonial e movimentações financeiras são incompatíveis com os rendimentos declarados. Por esse motivo há suspeitas de que ele seja usado como laranja pelo grupo.

O outro depoimento de hoje, do deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), foi cancelado e ainda não foi remarcado. O deputado enviou ofício à comissão afirmando que tinha compromissos inadiáveis marcados para hoje.

Reunião de amanhã

Vital do Rêgo convocou as lideranças dos partidos para uma reunião em seu gabinete às 16 horas. O objetivo é tentar um acordo para uma reunião administrativa nesta quarta-feira (5). A reunião administrativa só poderá acontecer se houver um acordo entre os líderes partidários.

A reunião está sendo realizada na sala 2 da ala Nilo Coelho, No Senado.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)